Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ilustração - Celia Calle


... que lamento imenso na minha pessoa é a minha total inabilidade para desenho e tudo o que sejam artes gráficas. Não consigo, nem nunca consegui, desenhar uma linha reta direita, nem com a ajuda de uma régua, então se for desenho livre... bom, já vi desenhos de crianças de infantário muito mais perfeitos do que o melhor desenho que alguma vez fui capaz de produzir. De maneiras que sou grande admiradora de quem consegue desenhar com a mesma facilidade com que respira e adoro a criatividade inerente a essas pessoas. Todos os anos, a comissão da Queima das Fitas de Coimbra convida todos os que queiram participar a apresentar uma maquete para o Concurso do Cartaz Oficial da Queima das Fitas, cujo o regulamento obriga a que nele constem as cores das faculdades (amarelo para Medicina, vermelho para Direito, azul claro e branco para Ciências e Tecnologias, azul escuro para Letras, roxo para Farmácia, vermelho e branco para Economia, laranja para Psicologia, castanho e branco para Desporto) e todos os motivos alusivos à Universidade de Coimbra e à sua Praxe Académica (a Torre da Universidade (carinhosamente chamada Cabra), o penico, a moca sem saliências, a tesoura de pontas redondas e a colher de pau da praxe) que deverão estar presentes de forma devidamente visível e integrada no desenho, deverá também representar o lema escolhido para a Queima desse ano. Lembro-me quando estudava que o dia da divulgação do cartaz vencedor era sempre muito empolgante, pois o mesmo para além servir para anunciar a maior festa académica do país, era também adquirido em formato "cromo de caderneta" (selo) para ser colado na parte interior da pasta académica, assinalando assim os anos de matrícula na universidade para memória futura. Eu tenho seis selos colados na minha velhinha pasta (sim, cabulei um bocadinho) uns mais giros que outros, e este ano, ao ver o cartaz vencedor, tive pena de não estar matriculada só para poder incluí-lo na minha pequena coleção.

IMG_1451.JPG

"Uma balada com saudade, um até já a esta cidade".

publicado às 07:36

Já não sei...

05.02.14

... o que é pior, se o assunto Praxe, ou o assunto 3 minutos do FCP na Taça da Liga (who cares?)!!!! A comunicação social manipula os assuntos a seu bel-prazer e a carneirada vai toda atrás... A mais recente pérola disponibilizada que está a fazer as delícias dos anti-praxe:

Alguém que me diga, isto é representativo de quê??? Sinceramente, acham mesmo que a(s) comunidade(s) académica(s) pensam todas assim???!!! A sério???!!! Bem, se olharmos para as magníficas pérolas que tão generosamente nos dá o jotinha Hugo Soares, esta malta até nem está muito desorientada daquilo que talvez seja o seu mais que provável percurso profissional... Está perdido este país... não tanto pela imagem da juventude que as massas tentam fazer passar para levar os mais crédulos a acreditar que isto é tudo farinha do mesmo saco, mas mais pelas pessoas que realmente acreditam que isto é mesmo assim! Já chega! Há também o outro lado da moeda, não é tudo igual, não pode ser tudo igual, porque é que não se dá a conhecer a juventude que dá o seu contributo útil e construtivo à sociedade? Sendo que muita dessa juventude não tem a postura completamente anti-democrática que demonstram os anti-praxe! A coisa é simples! Quem quer ser praxado, que o seja, quem não quer, não tem que ser! E se forem, de alguma maneira forçados, coagidos ou seja lá que outra forma pidesca exista para obrigar alguém a fazer o que não quer (e estamos a falar de pessoas maiores de idade...), há formas de agir contra essas forças do "demo": façam queixa, denunciem! Se têm medo das represálias, façam-no anonimamente, ou peçam a alguém que o faça por vocês! Mas calar essas situações e continuar com este fado do desgraçadinho é que não!!! Já não há pachorra...

publicado às 11:56


Moi!

foto do autor



mais espancados


Despensa

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D