Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ilustração - Celia Calle


E foi assim...

31.10.18
  1. QUARENTONA WALLOWEEN - 1

... que alguém chegou cá anteontem, em maiúsculas e tudo! Por onde começar? "Walloween"?! É o quê, hã? Soa a "Halloween" metido numa "wallet", o que será o mesmo que dizer que é uma festa dedicada à bruxaria de meter no bolso. Eu também acho! Se bem que será mais uma festa dedicada à bruxaria de tirar do bolso, com tanta merda que metem à venda e tanto apelo ao consumo, é coisa para arruinar com qualquer carteira, até mesmo as blindadas, que é o caso da minha. Mas afinal o que é uma Quarentona "Walloween"? Sou eu?! Quanto muito sou uma Quarentona totalmente alérgica ao "Halloween", não há pachorra para tanta cabeça de abóbora!

Funny-Halloween-killing-a-person-quote.jpg

 

 

publicado às 07:54

A propósito...

05.10.18

... das declarações do ex-Presidente Cavaco Silva sobre a não recondução da PGR em que se mostrou incrédulo das razões que levaram a essa mesma não recondução, dizendo que foi uma decisão estranha, relembro-me que faz hoje precisamente 6 anos que o mesmo hasteou, placidamente e de sorriso nos lábios, o maior símbolo nacional ao contrário...

bandeira.jpg... claro que isto vindo de quem afirma nunca se enganar e raramente ter dúvidas, é que é no mínimo estranho... mas não tão estranho como o facto desta figura ter estado mais de 20 anos nos lugares cimeiros da governação deste país...

 

publicado às 09:40

... que este ano não escrevia uma palavra sobre a tradicional invasão de Portugal pela emigrantada durante o mês de agosto e estava determinada a cumprir com o meu juramento até ontem. É que por causa de duas filhas da... de une belle putain que, não sendo representativas de todos os que partem deste país atrás de uma vida melhor, acabam por despertar em mim a vontade de lhes encher o focinho com croissants congelados atirados de longe (há sempre um ou uma Avec que mancha qualquer boa reputação que possam ter, sempre!). Então foi assim, praça da alimentação do Fórum Coimbra a abarrotar, 80% são emigrantes, Catarina vai comprar a sua refeição a um daqueles restaurantes que entregam uma espécie de alarme que avisa, não só ao próprio como a toda a gente presente no shopping, que a comida pode ser levantada ao balcão. Catarina munida do seu alarme vê-se à rasca para encontrar um lugar para se sentar. Catarina encontra o lugar. Dois cavalheiros almoçavam calmamente na ponta de uma mesa de seis lugares, Catarina sentou-se na ponta oposta ficando a aguardar que o catano do alarme disparasse. Catarina lembrou-se que mal se levantasse para ir buscar a comida, haveria uma batalha campal para ocupar o seu lugar. Catarina pediu desculpa por interromper a refeição dos cavalheiros e perguntou se teriam a amabilidade de lhe guardar o lugar quando fosse buscar a refeição. Os cavalheiros anuíram. O alarme tocou. Quando Catarina está prestes a chegar à mesa, uma imberbe aborrescente migrantolas apressa-se a sentar-se no SEU lugar, ignorando os avisos dos cavalheiros. Catarina sentiu uma enorme vontade de bater com o tabuleiro, que trazia nas mãos, na moleirinha da Avec, mas apenas lhe disse em bom português que aquele lugar era seu. A aborrescente ignora-a desviando o olhar, a mãe da piquena atrasada mental, que entretanto havia chegado, não pára de repetir “qu’il est tout resérve”. Catarina ainda lhe diz que não quer saber disso para nada e que aquele lugar é seu. Perante a descarada indiferença de mãe e filha, os cavalheiros convidam Catarina a sentar-se junto a eles, Catarina aceita e agradece, dizendo em voz alta enquanto passa nas costas da jovem franciú de Santa Cona do Assobio que está visto que não é em França que se obtém boa educação. A piquena, percebendo perfeitamente o que Catarina acabara de dizer, começa numa ladainha “education... bláblábláblá... France... bláblábláblá... Whiskas saquetas...”. Catarina senta-se e almoça tranquilamente enquanto troca pequenas impressões sobre o que aconteceu com os cavalheiros que lhe confidenciam que de seguida iriam à Fnac mas que nem passariam pela secção de literatura francesa. Catarina lembra-se que ali estava um belo assunto para encerrar a época de férias da bloga. E que safodam os coitadinhos dos imigras que têm que abandonar a terra, família, amigos, cães, gatos e periquitos!

36091459-CCF9-4F98-9F4F-AB5EFC1E337F.jpeg

E vocês? Estão todos bons?

publicado às 07:55

Acho que os...

07.06.18

... limites da minha pachorra para a Tamanca estão prestes a serem estraçalhados. Ontem tive uma esgrima de argumentos com ela por causa da merda que ela tem feito e que interfere no meu trabalho. Ainda bem que foi por troca de emails, a desfaçatez e a forma como foge com o rabo à seringa são de tal ordem impressionantes que são dignas de serem objeto de estudo. Só não lhe espetei com duas galhetas no focinho, porque ainda não é possível fazê-lo por email...

1108220F-38B9-4C72-8D26-902180D56531.jpeg

publicado às 07:36

Eu já não...

07.02.18

... gostava do carnaval, mas desde que o puto começou com as suas vidas académicas passei a odiá-lo com todas as minhas ganas. Desde o período do infantário que me esfalfo para conseguir arranjar-lhe a porcaria da fatiota que respeite o tema que a(s) escola(s) resolveram adotar para o desfile carnavalesco, de maneiras que desde o infantário e sempre que chegamos a esta altura os meus níveis de stress aumentam exponencialmente. Ora, como acho um perfeito absurdo gastar uma pipa de massa numa fantasia de carnaval para usar só num dia ou dois e como não tenho dotes de costureira e muito menos a criatividade de um estilista para reciclar roupa que já tenha no armário, tento com o orçamento mais reduzido possível comprar roupa que depois de ter sido “transformada” em pinguim, pescador da Nazaré, cientista maluco, príncipe, entre outros delírios de educadores e professores, possa ser usada no dia-a-dia. Este ano tive que inventar um fato de Smurf (Estrumpfe, no meu tempo), no início pensei que seriam favas contadas, era só arranjar uma camisola azul turquesa e umas calças brancas, nada mais fácil. Bem... não fazem ideia do corrupio que foi para desencantar as duas pecinhas tão simples, corri tudo o que é loja de roupa infantil e de desporto para encontrar uma camisola turquesa sem qualquer estampagem, mas o pior foram o catano das calças, é que não há calças brancas para rapaz em lado nenhum, um tormento, não queiram saber. Lá encontrei uma sweat com capuz turquesa, um autêntico milagre, e as calças foram umas de fato de treino que não sendo propriamente brancas são da cor que mais se aproxima do branco, vai ter que servir. Falta só o gorro que tive que encomendar e estou à espera dele, se não vier até 6.ª feira, dia do desfile, vou ter que improvisar nem que seja com um rolo de papel higiénico enrolado na cabeça!

0B1ACDE5-F047-4164-BADA-1908747AB6D3.jpeg

Falta muito para acabar a porcaria dos desfiles de carnaval escolares, ou vou ter que esperar pelo ensino universitário?

publicado às 07:41

A Tamanca...

26.10.17

... é uma mulher muito trabalhadora! E perguntam vocês, Quarentona, porque é que dizes isso? Ora, porque ontem pude verdadeiramente constatar que a mulher farta-se de trabalhar no depósito de arquivo. Todas as semanas noto o arquivo diferente: caixas mudadas de lugar (para quê avisar-me das mudanças?) e mais caixas para além das existentes (para quê dar-me a conhecer a localização das recém entradas no arquivo?) mas só ontem é que fiquei a saber que faz quilómetros dentro do depósito e por isso transpira imenso. Como? Precisei de um furador e fui buscá-lo à gaveta onde a digníssima o costuma guardar...

7B71849A-6DBA-40D8-A10A-1184CFC27B3D.jpeg

... a querida guarda na gaveta uns chanatos próprios para quem tem que caminhar muito dentro de um serviço e mal abri a dita quase que tombei para o lado com a força do forte aroma a queijo da serra que embateu nas minhas ventas... e olhem que eu sofro de sinusite!

publicado às 07:46

Olhem lá,...

28.07.17

... vocês sabem o que é uma cena boa? Uma cena mesmo boa, mesmo, mesmo, mesmo boa, uma cena boa a sério, boa, boa, boa, boa, a mais boa, a melhor, a melhor boa, mas mesmo, mesmo, mesmo boa? Assim daquelas cenas mesmo boas, daquelas que uma gaja vê e diz: "Eh pá, tão boooommmmm". É que é mesmo uma cena boa, que uma gaja fica tola a apreciar porque é mesmo boa! Sabem o que é? Sabem? Sabem? Sabem? É a Tamanca a enterrar-se forte e feio perante a chefia e eu, sem que tenha contribuído com absolutamente nada para que isso aconteça, a assistir de camarote!

IMG_2363.JPG

publicado às 11:26

... podia regressar ao trabalho sem ter que levar logo com a Tamanca e as suas merdas! Ontem estive presente numa reunião onde sua excelência achou por bem expôr todo o seu vastíssimo conhecimento na área das Ciências Documentais (que é igual a zero), numa ação clara de "lambe-botismo" às chefias presentes, ciência onde comprovadamente teve a tese de doutoramento aprovada com distinção. E perguntam vocês, e tu Quarentona, o que disseste?

IMG_2322.JPG

Bem... dizer, não disse, mas pensei!

publicado às 07:25

Para quem...

03.02.17

... se questionou sobre quem é que eu tinha em mente no post de ontem, é sobre a colega "mais querida" que mais uma vez, perante uma nova chefia, não perdeu a oportunidade de tentar tramar-me e assim sobressair-se. Nada que me surpreendesse, mas a minha paciência tem limites e como já tinha prometido "meter-lhe o dedo no nariz" na melhor oportunidade, ontem foi o dia! Nem imaginam como me que me soube pela vida!

IMG_0811.JPG

publicado às 06:57

... dos anos, a não esperar grande coisa dos outros, por isso evito criar expectativas em relação às pessoas porque tenho dificuldade em engolir deceções, no entanto e sempre que as mesmas são inevitáveis, um copinho de um bom tintol e umas gargalhadas junto de quem mais amo ajuda-as a passar da goela para baixo e seguir em frente sem remoer muito o assunto. Vivo, por isso, o dia-a-dia sem esperar grandes maravilhas das pessoas que me rodeiam e isso só faz com que me sinta imensamente encantada e grata por qualquer gesto de generosidade espontânea, descomprometida, desinteressada e genuína, por outro lado, este meu baixo entusiasmo em relação aos outros faz com que a mais pequena atitude mesquinha, calhorda e própria de quem tem muito, mas mesmo muito mau fundo, não me dececione e apenas confirme o quanto determinadas criaturas são cretinas e o quanto a minha maneira de estar na vida é a mais acertada...

IMG_0934.JPG

publicado às 07:26


Moi!

foto do autor




Despensa

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D