Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ilustração - Celia Calle


E perguntam...

18.07.17

... vocês, como é Quarentona, ainda de férias? Quando voltas? Caaaalmaaaa... eu sei que morrem de saudades minhas, mas isto não está nada fácil. Para além de estar a levar com aquela coisa da depressão pós-férias, ou lá o que é, também estou aqui a ver se consigo limpar da minha cabeça a poluição sonora a que fui sujeita contra a minha vontade, quer dizer, mais ou menos contra a minha vontade, e já volto, ok?

IMG_2343.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:56

Eu sei que...

22.06.17

... passo uma imagem de durona, aquela que ninguém tem coragem de afrontar e que reage como uma leoa sempre que alguém lhe pisa os calos. Nada mais longe da realidade, por regra fujo do conflito, refilo, digo que faço e aconteço, mas na verdade não sei dizer "não" e "basta" sempre que se impõe que o diga... quer dizer, tenho andado a aprender a ser mais assertiva e a proteger-me sempre que percebo que estão a abusar da minha boa vontade e simpatia, a questão é que essa é uma aprendizagem morosa para quem sempre se guiou pelo lema "faz pelos outros o que gostarias que fizessem por ti" e como tenho esta mania de medir quem me rodeia pela minha bitola, achando que toda a gente tem bom fundo e é bem intencionada, por vezes, dou com cada cabeçada que até vejo estrelas...

IMG_1986.JPG

Ao que parece, é mesmo coisa dos astros...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:30

Não sei se...

16.06.17

... é por ontem ter sido feriado, se é da estafeira que apanhei em mais uma atividade do puto, se de ter comido e bebido como se não houvesse amanhã, se do calor ou caralho, estou com uma lanzeira que até dói... O que é certo é que se eu mandasse hoje seria feriado novamente!

IMG_1323.JPG

Por isso, não me façam perguntas difíceis, por favor...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

publicado às 07:26

Eu juro...

12.06.17

... que quando vir o fim das aulas do puto, até julgo que é mentira. Estou tão cansada das atividades de final de ano que se me apanho com um fim de semana de rédea solta, vou fazer uma maratona entre lençóis!

IMG_2036.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:54

Tenho um...

08.06.17

... grupo de amigos que fiz na altura da pós-graduação, não tenho a certeza mas acho que já falei dele aqui, nesse grupo há uma pessoa que é capaz de ser das mais estranhas com quem me relaciono. Ela é boa pessoa, sempre solícita, é capaz de despir a camisola para a dar a quem precise, mas não sinto qualquer afinidade com ela, tolero-a e nunca me relacionaria com ela se não fizesse parte do grupo. Não há nada que me cative nela, pelo contrário, tantas vezes me apetece mandá-la pastar, só não o faço por consideração à harmonia do grupo. E perguntam vocês, mas ela é estranha porquê? Imaginem lá uma pré-adolescente, já está? Agora imaginem uma pré-adolescente com, se não os tiver já, quase 40 anos! Solteira, ainda vive com os pais, não usa outro calçado que não sejam sapatilhas (ténis, para a malta de Lisboa e arredores), não come nada que seja verde, só a sopa que a mãe obriga a comer, tem carta de condução, mas não se atreve a conduzir fora da sua cidade, os pais têm que levar a menina aonde a menina quer ir, tem verdadeira obsessão pelo universo Disney, chocolate, Coca-Cola e MacDonalds, e acima de tudo é conflituosa, inconveniente e desbocada. Já perdi a conta às vezes em que falo em alhos, ela responde com bugalhos e há quem se dê ao trabalho de tentar explicar-lhe as coisas, mas ela mimada como é, defende o indefensável até à exaustão do interlocutor. Eu já não tenho pachorra e então calo-me a maior parte das vezes, ou digo que sim senhora, tem toda a razão no que diz, só para não a ouvir mais.

IMG_1399.JPG

Mas não é só com ela, regra geral não tenho paciência para conversas da treta!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:42

O meu fim...

05.06.17

... de semana foi de loucos. Começou na sexta-feira à noite com um festival da canção na escola do puto que marcou o início das festas do fim do ano letivo, cheguei a casa já passava da uma da manhã para meia dúzia de horas depois levantar-me de forma a poder estar num batizado às 10h30 em Tomar, fugi no final do almoço para chegar a Coimbra a horas de assistir à entrega do diploma por mérito desportivo do puto, antes ainda passei em casa para mudar de roupa para a festa que, mais uma vez, foi para lá da uma da manhã, e no domingo mais uma jornada na escola desde as 9 horas até ao final da tarde no torneio de andebol inserido nas festividades do final de ano. Sim, as festas naquela escola duraram uma noite e dois dias, muito ao estilo dos casamentos ciganos, estou tão fartinha deste fim de semana que até me sinto grata por hoje ser segunda-feira, mas pagava para poder ficar a dormir toda a manhã, já não tenho idade para isto...

IMG_1936.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:27

... amiga que anda um bocado em baixo, está deprimida e garantiu-me que já não acredita que algum dia vá ser feliz. Nunca tive muito jeito para lidar com este tipo de situação, ao ponto de me surpreender com o meu esforço para a animar. Eu sei que deixo aqui a imagem de quem está de bem com a vida, de quem está sempre de sorriso aberto e pronta para a rambóia, no entanto, eu também tenho o meu lado lunar oculto que poucas pessoas conhecem, não que me preocupe em escondê-lo, mas como já passei por tanta merda na vida que praticamente me derrubou e sempre me levantei sozinha e segui em frente (não sei explicar como, mas dizem os entendidos que tenho grande resiliência). Eu acho que aprendi a relativizar, a dar menos importância ao que pouca importância tem e a cagar para o que os outros pensam de mim. Por isso, hoje sei que posso estar perdida, sem saber o que fazer, prestes a explodir de raiva ou a desabar em prantos mas tudo isso não passará de um breve momento que tem o seu fim, porque tudo o que me martirizou teve um dia um fim. Tudo passou, deixou marcas, mas passou e tudo passa, "só não há solução para a morte" é a frase que repito mentalmente nas alturas de maior pressão e que me dá alento para voltar a sorrir, porque mereço ser feliz, porque todos merecemos. Foi isto que disse à minha amiga e acho que ela sorrirá em breve.

IMG_1993.JPG

Só substituo os marshmallows por chouriço...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:38

O Licor...

26.05.17

... Beirão apostou forte na publicidade nas redes sociais que faz através de memes humorísticos. Em boa hora o fez, para além de ser menos dispendioso para a marca, permite reagir imediatamente aos estímulos que a atualidade vai enviando e proporciona aos seus seguidores verdadeiras pérolas de humor...

IMG_1991.JPG

Os meus parabéns ao(s) criativo(s)!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:30

A amizade...

10.05.17

... não tem idade, não tem género, não tem cor, não tem raça, não tem credos, não tem partidos, não tem clubes, não tem orientação sexual, não tem filosofias de vida, não tem preferências de qualquer espécie, na amizade não há espaço para diferenças, ela não é exclusiva de uma espécie e ontem perdi uma Amiga...

IMG_1933.JPG

... a única que tinha por mim, não sendo a sua dona e nem a visitando todos os dias, a amizade mais genuína, mais despretensiosa, mais desinteressada e mais pura. Sempre que me via, saltava para o meu colo, enchia-me de beijos, aninhava-se no meu colo, e quando estava frio, enfiava-se por entre as minhas camisolas e ali ficava bem juntinho ao meu coração... a saudade acabou de ganhar mais um nome, Kika ecoará na sua imensidão...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:16

Nem só de...

05.05.17

... de colegas tipo a "mais querida" (que doravante passarei a denominar de "tamanco", por ser elegante como um tamanco, por ser bruta como um tamanco e por ser burra que nem, precisamente, um tamanco), vive a chafarica-mor. Desde que entrei para esta casa, há 17 anos, que uma colega que não trabalha diretamente comigo e nem é "amiga-colega", daquelas a quem abro as portas da minha casa e que privam comigo e com a minha família, cumpre um ritual: todos os anos partilha comigo um punhado das primeiras cerejas que compra a um preço proibitivo, só porque numa das nossas primeiras conversas eu referi que adorava cerejas...

IMG_1920.JPG

... esta sim, merece o adjetivo Querida, sem aspas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:21





Despensa

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D