Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ilustração - Celia Calle


Tenho um...

08.06.17

... grupo de amigos que fiz na altura da pós-graduação, não tenho a certeza mas acho que já falei dele aqui, nesse grupo há uma pessoa que é capaz de ser das mais estranhas com quem me relaciono. Ela é boa pessoa, sempre solícita, é capaz de despir a camisola para a dar a quem precise, mas não sinto qualquer afinidade com ela, tolero-a e nunca me relacionaria com ela se não fizesse parte do grupo. Não há nada que me cative nela, pelo contrário, tantas vezes me apetece mandá-la pastar, só não o faço por consideração à harmonia do grupo. E perguntam vocês, mas ela é estranha porquê? Imaginem lá uma pré-adolescente, já está? Agora imaginem uma pré-adolescente com, se não os tiver já, quase 40 anos! Solteira, ainda vive com os pais, não usa outro calçado que não sejam sapatilhas (ténis, para a malta de Lisboa e arredores), não come nada que seja verde, só a sopa que a mãe obriga a comer, tem carta de condução, mas não se atreve a conduzir fora da sua cidade, os pais têm que levar a menina aonde a menina quer ir, tem verdadeira obsessão pelo universo Disney, chocolate, Coca-Cola e MacDonalds, e acima de tudo é conflituosa, inconveniente e desbocada. Já perdi a conta às vezes em que falo em alhos, ela responde com bugalhos e há quem se dê ao trabalho de tentar explicar-lhe as coisas, mas ela mimada como é, defende o indefensável até à exaustão do interlocutor. Eu já não tenho pachorra e então calo-me a maior parte das vezes, ou digo que sim senhora, tem toda a razão no que diz, só para não a ouvir mais.

IMG_1399.JPG

Mas não é só com ela, regra geral não tenho paciência para conversas da treta!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:42

... amiga que anda um bocado em baixo, está deprimida e garantiu-me que já não acredita que algum dia vá ser feliz. Nunca tive muito jeito para lidar com este tipo de situação, ao ponto de me surpreender com o meu esforço para a animar. Eu sei que deixo aqui a imagem de quem está de bem com a vida, de quem está sempre de sorriso aberto e pronta para a rambóia, no entanto, eu também tenho o meu lado lunar oculto que poucas pessoas conhecem, não que me preocupe em escondê-lo, mas como já passei por tanta merda na vida que praticamente me derrubou e sempre me levantei sozinha e segui em frente (não sei explicar como, mas dizem os entendidos que tenho grande resiliência). Eu acho que aprendi a relativizar, a dar menos importância ao que pouca importância tem e a cagar para o que os outros pensam de mim. Por isso, hoje sei que posso estar perdida, sem saber o que fazer, prestes a explodir de raiva ou a desabar em prantos mas tudo isso não passará de um breve momento que tem o seu fim, porque tudo o que me martirizou teve um dia um fim. Tudo passou, deixou marcas, mas passou e tudo passa, "só não há solução para a morte" é a frase que repito mentalmente nas alturas de maior pressão e que me dá alento para voltar a sorrir, porque mereço ser feliz, porque todos merecemos. Foi isto que disse à minha amiga e acho que ela sorrirá em breve.

IMG_1993.JPG

Só substituo os marshmallows por chouriço...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:38

Para além...

29.05.17

... da companhia, o melhor do fim de semana foi...

IMG_1998.JPG

... o resto não me lembro...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:22

A amizade...

10.05.17

... não tem idade, não tem género, não tem cor, não tem raça, não tem credos, não tem partidos, não tem clubes, não tem orientação sexual, não tem filosofias de vida, não tem preferências de qualquer espécie, na amizade não há espaço para diferenças, ela não é exclusiva de uma espécie e ontem perdi uma Amiga...

IMG_1933.JPG

... a única que tinha por mim, não sendo a sua dona e nem a visitando todos os dias, a amizade mais genuína, mais despretensiosa, mais desinteressada e mais pura. Sempre que me via, saltava para o meu colo, enchia-me de beijos, aninhava-se no meu colo, e quando estava frio, enfiava-se por entre as minhas camisolas e ali ficava bem juntinho ao meu coração... a saudade acabou de ganhar mais um nome, Kika ecoará na sua imensidão...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:16

Tenho um...

03.05.17

... sentido de humor um bocado, como dizer, exigente. Humor básico e infatilóide não me faz sequer sorrir, humor brejeiro idem, humor parvo ao estilo "Isto só vídeo" não me faz gargalhar. É o humor "Britcom" o meu eleito, adoro o humor histórico-social do género "Blackadder" e "Allo Allo", mas não consigo impedir o riso com o socialmente condenável humor negro, no entanto, é o humor idiota e nonsense do tipo "Monty Python" que me faz ir às lágrimas. Há uns anos valentes, uma grande amiga e eu seguíamos viagem num autocarro urbano, numa paragem subiram várias pessoas, o motorista não aguardou que todos se sentassem e arrancou, um dos passageiros começa a esbracejar desesperadamente como quem tenta apanhar moscas no ar, indo aos ziguezagues pelo corredor do autocarro. Tanto eu como a minha amiga achámos que o homem transportava consigo uma enorme cadela, mas como ainda era cedo para já estar daquela forma, assistimos perplexas à cena, até nos apercebermos que o desgraçado era totalmente cego e procurava com as mãos um varão para se agarrar! Bom... ainda hoje, quando recordamos a cena, choramos a rir!

IMG_1925.JPG

Sim, eu sei. Sou uma perfeita idiota, o pior é que eu gosto!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:30

Este é um...

16.03.17

... post agendado. Hoje completo mais um ano da fabulosa Idade da Loba e não sei o que o dia me reserva. Ainda gosto de completar aniversários, adoro as surpresas e os afagos no ego, mesmo que muitos deles me cheguem apenas pelas redes sociais, significa que as pessoas que ainda me querem algum bem tiraram uns minutos das suas vidas para me mimarem e isso é bom. Portanto e como dizia não sei o que me espera hoje, mas ontem a "mais querida" já me deu o seu presente antecipado que foi foder-me os cornos até eu desejar ardentemente dar-lhe com um gato morto nas trombas até o gajo miar, com certeza na esperança que eu falasse dela aqui... está feito! De resto, espero uma fila de amigos engraçadinhos a bater-me à porta com todo o tipo de bolos, bolinhos e bolinhós para me fazer lembrar que foi uma péssima ideia resolver fazer o corte radical na doçaria numa altura em que apanha o meu aniversário...

IMG_1405.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:35

Como é que...

13.03.17

... eu sei que tenho uns amigos do catano, cheios de humor maquiavélico? Sei porque mesmo depois de lhes pedir incentivo para a minha abstinência de açúcar, não param de encher o meu mural do livro das fronhas com pérolas destas:

IMG_1400.JPG

IMG_1401.JPG

IMG_1402.JPG

Pelo menos, sei que sempre que estão a deleitar-se desavergonhadamente com estas maravilhas, estão a pensar em mim... e isso é de amigos... ou de quem está a pedir uma praga que os faça engordar 5 quilos de cada vez que me enviam fotozinhas destas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:24

... que nem posso! Ontem, postei no Facebook a minha resolução de não comer doces até à Páscoa, procurei a ajuda dos meus amigos e pedi-lhes que me aplicassem um corretivo se me apanhassem a prevaricar. Esperava eu mensagens de incentivo, tipo, "tu consegues", "nós sabemos que és capaz", "estou contigo, também vou deixar de me alambazar em guloseimas", só que não... estou chocada com a forma alegremente solícita com que se ofereceram para me rebentar a cremalheira...

IMG_1318.JPG

Mais, estou cá desconfiada que se estão a organizar apostas capazes de concorrer com a Santa Casa...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:25

Percebo que...

25.01.17

... não tenho uma relação "mimimi" com a minha mãe quando vejo que ela é minha "amiga" no Facebook e não comenta, não partilha e não faz "gosto" num único post meu... fico também a perceber de quem herdei o feitiozinho de merda quando faço exatamente o mesmo em relação a ela, não por vingança, mas por não sentir necessidade de mostrar ao mundo o quanto eu e ela temos uma relação "mãe e filha" tão cheia de corações, flores e borboletas que, de facto, não temos! Por isso, malta que regularmente vem aqui me visitar e deixa sempre palavras que me mimam (que eu adoro e agradeço do fundo do coração) entendam que se eu não sou recíproca não é uma questão de defeito, é mesmo feitio... da mesma forma que eu não duvido do amor da minha mãe por mim, não deveis duvidar também do apreço que vos nutro.

IMG_1193.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:22

Foi nos...

16.01.17

... últimos anos na faculdade, já na pós-graduação, que fiz amizades maravilhosas para a vida. Somos a "Magnífica Seleção", um grupo de 10 que, juntamente com os respectivos cônjuges e filhos, se reúne em "terapia de grupo" 2 a 3 vezes por ano, para comer, beber, partilhar experiências, desabafar problemas e frustações e sobretudo para gargalhar, muito! E como essa amizade deve ser renovada a cada nascimento, fomos conhecer o caçulinha da MS e brindou-se à vida. Há dias que valem tanto a pena viver, dias plenos, dias felizes :))))

IMG_1151.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:22





Despensa

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D