Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Celia Calle


... assim da mesma forma inesperada, fria e crua com que escrevo este post. Morreu na rua, sozinho, tombou na terra gravilhada golpeado por um AVC fulminante que não lhe deu sequer um minuto para se despedir da vida que tanto amava. Nesse dia, o meu pai saiu à rua para a sua já habitual caminhada matinal, longe de saber que a morte sairia também à rua indo ao encontro dele naquele caminho entre canaviais...

... quem diria que o Mestre que tanto idolatrava haveria de descrever metaforicamente, anos antes, a sua morte despida de metáforas...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:16


60 comentários

Imagem de perfil

De A Desconhecida a 21.08.2017 às 17:50

Lamento muito...
Sem imagem de perfil

De Cidália Ferreira a 21.08.2017 às 18:42

Isso é verdade Catarina? :( ?


Imagem de perfil

De Quarentona a 21.08.2017 às 21:00

Infelizmente é, Cidália
Sem imagem de perfil

De Cidália Ferreira a 21.08.2017 às 21:21

Lamento minha amiga. Meus sinceros pêsames.

Sei muito bem o que é perder Pai/Mãe assim de um momento para o outro. Infelizmente, a minha Mãe com 53 anos teve um derrame cerebral e foi fatal. Num dia em que tínhamos andado todos juntos numas tarefas domésticas/terras...Ela sempre feliz e bem disposta e de uma hora para a outra recebemos a pior noticia das nossas vidas. O mundo à minha volta desabou. O meu pai ainda ficou mais uns 14 anos, sendo até mais velho que ela 11 anos. Não me custou a morte do meu Pai como custou a da minha Mãe que, ainda hoje sonho com ela. O meu Sogro também morreu a comer umas sandes, sentadinho ao sol, era Inverno. Não tenho nem pais nem sogros. Mas desculpa este desabafo. A vida é injusta. Ceifa-nos a alegria de um momento para o outro. Quando assim é, é muito difícil a conformação...tudo parece mentira.

Catarina, apenas te posso desejar muita, muita força para os próximos tempos.
E que a Alma do teu Pai possa descansar em Paz.

Custa muito.(Mas existem pessoas que merecem uma morte santa.) No caso da minha Mãe sim, ela sofreu muito com o vinho, do meu pai. :'( ... Com isto, correm-me as lágrimas. desculpa.

Sente um abraço de "solidariedade" e carinho.
Sem imagem de perfil

De Cidália Ferreira a 21.08.2017 às 21:23

Esqueci-me!
Gostei da musica como homenagem ao teu Pai.
Imagem de perfil

De Quarentona a 21.08.2017 às 22:15

Minha querida Cidália, sente o meu abraço apertado. Foi uma morte santa, sim... e é apenas isso que me dá algum conforto, saber que o meu pai não sofreu... adorava as coisas boas da vida, viveu intensamente cada hora e era um homem bom, acarinhado por todos os que o rodeavam. Obrigada
Imagem de perfil

De nada acontece por acaso a 21.08.2017 às 19:22

Sinto muito. Coragem para enfrentar os próximos tempos, é sempre tão difícil, quanto mais quando é assim completamente inesperado. Beijinho.
Imagem de perfil

De Quarentona a 21.08.2017 às 21:01

No fundo, foi um fim esperado, mas sem hora marcada... obrigada
Sem imagem de perfil

De Francisco o Pensador a 21.08.2017 às 19:49

Sei que nestas horas as palavras podem parecer um pouco inócuas e vazias, sobretudo se elas vierem de pessoas que não te conheces e que estão longe de te serem próximas. Ainda assim, gostaria de transmitir-te os meus mais sinceros pêsames... :(
Imagem de perfil

De Genny a 21.08.2017 às 20:01

E é um sentimento de revolta que não acalma nem por nada...
Um abraço apertadinho!
Imagem de perfil

De Quarentona a 21.08.2017 às 21:02

Obrigada, mais uma vez
Imagem de perfil

De Kalila a 21.08.2017 às 21:33


Sentidos pêsames, minha querida.
Imagem de perfil

De Quarentona a 21.08.2017 às 22:16

Obrigada, Kalila
Sem imagem de perfil

De Marilda Blasse a 21.08.2017 às 21:34

Meus mais sinceros sentimentos, que você e sua familia encontre conforto .
Imagem de perfil

De Quarentona a 21.08.2017 às 22:16

Obrigada, Marilda
Imagem de perfil

De Sofia a 22.08.2017 às 08:08

Lamento, pela tua perda Catarina! Bjs
Imagem de perfil

De Quarentona a 22.08.2017 às 08:52

Obrigada, beijinhos
Imagem de perfil

De Olívia a 22.08.2017 às 09:14

Coragem.
(não há muito mais que possa dizer neste momento de tanta dor).
Um beijinho
Imagem de perfil

De Quarentona a 22.08.2017 às 18:55

Não há, de facto. Obrigada, Olívia
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 22.08.2017 às 10:35

Lamento muito! Força, coragem..
Um abraço apertadinho.

Comentar


Pág. 1/3



Moi!

foto do autor




Despensa

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D