Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Celia Calle


Nunca fui de...

18.03.16

... embarcar em discursos "Miss Universo": Ah e tal, eu queria paz no mundo, acabar com a fome, doença e guerra, menos consumismo e mais solidariedade, amor ao próximo e berrébeubeu, pardais ao ninho... para depois ser incapaz de abdicar do meu próprio conforto, do prato e copo cheio num bom restaurante, do carrinho, das férias em locais "mete-nojo", do smartphone e respetiva netzinha, ir a correr comprar aquele par de sapatos que ando a namorar desde o início da coleção e agora está com 10% de desconto, a roupa, os colares, perfumes, enfim, ter tudo com metade do esforço que os meus pais tiveram para conquistar metade do que tenho e ainda assim passar a vida a reclamar por tudo e por nada (bem, não passo a vida, mas tenho as minhas crises de egoísmo), por isso, prefiro ser coerente com a minha forma de estar na vida, com o meu precioso bem-estar e fechar o bico para não andar praí a cagar postas de pescada! Mas depois dou-me com fotos como esta, de crianças que regressam da escola e trazem consigo a cadeira onde se sentam como fazendo parte do material escolar obrigatório levar para a escola... sinto um murro no estômago, olho-lhes o sorriso e pergunto-me, será que não seria mais feliz com menos?...

image.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

publicado às 07:10


16 comentários

Imagem de perfil

De Olavo Rodrigues a 18.03.2016 às 15:15

A indignação por coisas frívolas faz parte de todos os povos desenvolvidos, todos os fazemos. Queixamo-nos todos de barriga cheia. :)
Imagem de perfil

De Quarentona a 19.03.2016 às 17:28

Essa é uma grande verdade! Habituamo-nos a determinadas circunstâncias e não nos apercebemos que há realidades completamente diferentes, a tal história da pirâmide das necessidades... a vida é mesmo assim!
Obrigada pelo comentário :))))
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 18.03.2016 às 20:39


Pois, Quarentona.
Mas saímos daqui e esquecemos o assunto.
Vá, o murro no estômago não é destinado a si.
Se olhar para os lados verá mais egoísmo, luxo, gula, na sua maioria , são aparências.
Bom fim-de-semana.
Imagem de perfil

De Quarentona a 19.03.2016 às 17:30

É isso, Cantinho! A verdade é somos inconscientemente egoístas...
Só gostava de saber porque é que insistes em tratar-me por você...
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 20.03.2016 às 21:52

Ahahahahaha!
Hábito meu, Quarentona, tratar as pessoas por você.

Imagem de perfil

De Quarentona a 20.03.2016 às 23:19

Pronto, trata-me como quiseres :))) E eu posso tratar-te por tu ou preferes você? :))))
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 23.03.2016 às 18:14


Podes tratar-me por tu, que eu gosto.

Imagem de perfil

De Quarentona a 23.03.2016 às 22:35

Combinado ;))))
Imagem de perfil

De opinandomais a 18.03.2016 às 23:05

O ser humano gere-se hoje em dia, por padrões altamente consumistas, faz parte da"civilização" moderna, hoje ditada pelo lema, quanto mais me ofereces, mais eu desejo.Quem como eu conviveu de perto com uma realidade diferente na minha infância e adolescência, sabe que para se ser feliz, basta ter o que essencial para se ser feliz.
O quadro por Ti mostrado, é a prova evidente.
Bom fim de semana, Quarentinha.
Imagem de perfil

De Quarentona a 19.03.2016 às 17:32

Sim, faz-nos falta sermos confrontados com realidades como a retratada pela foto, mas não chega vê-la pelos meios de comunicação, a muitos seria imperativo vivê-la!
Bom fim de semana, Opinando :))))
Imagem de perfil

De omeumaiorsonho a 19.03.2016 às 22:39

Estas fotos partem me o coração
Imagem de perfil

De Quarentona a 20.03.2016 às 17:10

Há piores, mas mesmo não sendo uma imagem chocante de sofrimento, sinto-me tocada por esta de uma simplicidade emocionante!
Sem imagem de perfil

De PEQUENOS DELITOS RENOVADOS a 20.03.2016 às 01:19

Querida amiga.... que a sequência de teu aniversário seja um eterno comemorar.... com saúde, paz e alegria....!!!!
Quanto ao post, realmente o assunto é triste. Vejo isso por aqui!! Em alguns lugares do Brasil, a situação é...digamos.... "no mínimo igual". Mas aqui, é porque estamos cercados de ladrões que entram na política para se locupletarem, roubarem o povo etc etc.... por aqui ainda há jeito se houvesse menos ladrões.
Mas independente disso, a reflexão é linda. Podemos ser felizes com muito menos. Mas a vida nos empurra para o muito mais. Eu sempre copio um filósofo desses... me esqueci o nome nem vou olhar na net para não tirar o timing do comentário... Gandhi lembrei-me!!! e digo que não podemos fazer o bem a todos mas podemos ser sempre bons.... eis ai um toque legal...Veja a cara de felicidade dos meninos....
Mas curta a vida, pois tens o mérito de teu trabalho, de tua luta diária.... não deixe de querer as coisas.... são tuas conquistas...você não vai acabar com a fome nem a miséria do mundo... Mas é possível sempre ser boa... como és!!
Um abraço!
Imagem de perfil

De Quarentona a 20.03.2016 às 17:14

Muito bem dito, PDR! O que me enerva é mesmo a falta de coerência que grassa por aí, ouço e leio discursos à la "Jonet" e depois não agem de acordo com as suas própria palavras, é a merda da caridadezinha e do "adote um pobrezinho" que me irrita solenemente!!!
Beijinhos :))))
Sem imagem de perfil

De Laura Santos a 20.03.2016 às 19:09

Muito bem falado, Catarina! Todos nós temos os nossos "egoismosinhos", e precisamos olhar para imagens como essa, e outras ainda mais flagrantes quanto a carências básicas, para que percebamos o quanto somos privilegiados, e de como poderíamos até abdicar de certas coisas a favor dos que têm muito menos do que nós.
Quanto às "misses", deixá-las falar... o que conta são os gestos.
xx
Imagem de perfil

De Quarentona a 20.03.2016 às 19:36

É isso, Laura. A questão é quantos de nos abdica do próprio bem-estar em prol do outro? E atenção que contra mim falo! O que eu quis salientar é que não ajo, mas também não tento convencer os outros a agir... se conseguir uma reforma decente e ainda tiver saúde, se o meu filho não precisar de mim, talvez vá agir como voluntária por esse mundo fora :))))
Obrigada pela visita ;))))

Comentar






Despensa

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D