Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Celia Calle


Já algum de...

16.01.15

... vocês experimentou a sensação de ser enrolado por uma onda? Eu já! Tenho imenso respeito pelo mar, mas não tenho medo nenhum, sou até bastante destemida e quanto mais revolto estiver o mar, mais eu gosto de me envolver nele... um dia, entrei mar adentro e quando quis sair, fui apanhada por uma corrente que me puxava para dentro, depressa percebi que não me adiantava nada nadar, pois só me cansava e não saía do lugar. Deixei-me levar e mal senti que estava fora da corrente, voltei a nadar para a praia. Quando cheguei à zona da rebentação, já estava tão cansada que ao tentar apanhar uma onda, não consegui aguentar a força da água e fui enrolada... perdi a noção de tudo... não sei quanto tempo estive aos trambolhões, pareceu-me uma eternidade... perdi completamente a noção de espaço, às tantas já não sabia onde é que estava a tona da água... e as voltas foram tantas que parecia que tinha entrado numa máquina de lavar roupa em centrifugação... acabei estendida no areal...

Isto para vos dizer que há voltas na vida que me fazem lembrar essa experiência, e assim como foi o mar que me atirou para terra, também há-de ser a vida a endireitar tudo, resta-nos submeter-nos à sua vontade!

003.JPG

Põe-te boa, Amiga...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:33


15 comentários

Sem imagem de perfil

De suricate a 16.01.2015 às 10:51

Imagem perfeita a analogia que fizeste também. Mas vou-te contar um segredo: É bem mais fácil ser enrolada pelo mar...também fui várias vezes...a diferença é que o mar nunca me engoliu, já o mar da vida...trás-me às voltas há mais de 10 anos...e não há maneira de me deixar descansar o corpo um pouco devolvendo-me à praia...
Imagem de perfil

De Quarentona a 16.01.2015 às 17:24

Suri, Suri... já tentaste parar de te debater? Por isso falei em mar revolto, é o que mais me atrai, por ser mais perigoso e mais excitante, e o truque para me safar nele é não me debater, aproveitando a sua força para me salvar
Imagem de perfil

De opinandomais a 16.01.2015 às 21:42

Resposta sábia!
Sem imagem de perfil

De Maria Varredora a 16.01.2015 às 12:50

Nem tudo está na nossa mão... :(
beijokas
Imagem de perfil

De Quarentona a 16.01.2015 às 17:26

Exato, Maria! E não adianta tentarmos resolver o que não está ao nosso alcance, só nos cansamos Apenas temos que aprender a aceitar as coisas como são e apender a viver com elas
Beijocas
Imagem de perfil

De bloga-mos a 16.01.2015 às 13:02

Não tenho respeito nenhum pela minha vida, ficas a saber...
Imagem de perfil

De Quarentona a 16.01.2015 às 17:27

Também te atiras de cabeça numa maré viva?
Sem imagem de perfil

De Pequenos Delitos Renovados a 16.01.2015 às 14:28

Bela lição de vida....
Adorei também a analogia que fizestes....
"A vida vem em ondas como o mar.... num indo e vindo infinito..."
Lindo e tocante o texto...
Imagem de perfil

De Quarentona a 16.01.2015 às 17:29

Pois é, PDR, uma vezes tranquila, outras vezes revoltada, nós que temos que nos adaptar a ela e não o contrário
Sem imagem de perfil

De Savage a 16.01.2015 às 15:16

Já fui enrolada muitas vezes, mas curiosamente mesmo vivendo junto ao mar, nunca foi ele que me enrolou.
Imagem de perfil

De Quarentona a 16.01.2015 às 17:29

Não tenho qualquer dúvida em relação a isso, Savage Maria
Imagem de perfil

De opinandomais a 16.01.2015 às 21:48

Com o mar sabemos sempre com o que contar, é preciso entende-lo sem nunca o desafiar, quem o faz, nem sempre sai bem .Já de outros enrolanços propíciados pelo quotidiano, aí há que observar a mesma regra, o que convenhamos nada fácil, por se tratar por vezes de um "mano a mano",e nem sempre estamos para lhe conferir qual grau de superioridade pretendida pelo oponente.
Imagem de perfil

De Quarentona a 19.01.2015 às 09:37

É isso mesmo!
Imagem de perfil

De Tomates e Grelos a 19.01.2015 às 14:39

Isso chama-se agueiro e é muito perigoso. Tomaste a opção certa ao deixar ir. Quem vive longe da praia não conhece e há pouca divulgação do fenómeno. Felizmente, quem cresceu na praia, sabe bem o que é. Aproveita o post, e divulga.
Imagem de perfil

De Quarentona a 19.01.2015 às 18:03

Já conhecia o termo e o fenómeno, mas naquela altura não! Foi instintivo, ainda tentei nadar para terra, mas era um esforço inglório, a praia estava deserta e como havia surfistas mais ao longe pensei em ir ter com eles... foi a minha sorte! Sim, isto devia ser mais divulgado, principalmente nas praias onde ocorre mais!

Comentar



Moi!

foto do autor




Despensa

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D