Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilustração - Celia Calle


Agora que o...

17.10.16

... puto está no 5º ano, apercebi-me que não constam no programa letivo as horrorosas saudosas aulas de Trabalhos Oficinais. Quem é da minha geração com certeza que se lembra daquelas aulas que nos preparavam para as coisas práticas da vida, que isso de saber ler, escrever e contar podia não bastar para a malta se desemerdar no mundo do trabalho. Assim, as meninas até se safavam menos mal nos pontos cruz, arraiolos, pontos pé de flor, pontos de nó, pontos cheio, pontos matiz, pontos atrás, à frente e nos mais de mil tipos de pontos que davam para uma licenciatura, mestrado e, quiçá, doutoramento. Era doloroso ver o esforço dos rapazes nestes lavores... dos rapazes e da Catarina que nunca conseguiu acabar um único trabalho... por outro lado, as desgraçadas viam-se e desejavam-se para fazer com que o circuito elétrico desse eletricidade ao catano da lâmpada que nunca acendeu, serrar uma peça de madeira manualmente e com formas arredondadas sem um único ângulo reto, fazer o mesmo a uma peça de metal sem ficar sem os dedos na rebarbadora... garanto-vos que se a Catarina tivesse que se sustentar com estes ofícios, hoje já não vos escreveria pois já tinha morrido à fome...

IMG_0804.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:45


15 comentários

Imagem de perfil

De marta-omeucanto a 17.10.2016 às 12:17

Substituiram os trabalhos oficinais por educação tecnológica, em que não fazem nada de especial. Eu lembro-me que tínhamos sempre trabalhos em barro no primeiro período, e havia um em que podíamos escolher madeiras ou texteis. Aprendi algumas coisas que agora ensino à minha filha, embora a maior parte já nem me lembre como se faz.
Imagem de perfil

De Quarentona a 17.10.2016 às 22:38

Por acaso, as aulas de educação tecnológica da escola do puto integram um projeto a nível mundial chamado "The Hour of Code" onde, para além da utilização das novas tecnologias na ótica do utilizador, também se ensina programação.
Sem imagem de perfil

De Cidália Ferreira a 17.10.2016 às 14:01

Ai meu deus o que me espera, agora com idade para as minhas netas e tenho uma "filha" (do marido/traição) de 8 anos, que ganhei em tribunal. Agora voltei ao tempo antigo. Não não estava habituada. Lool Adoro-te rapariga.


Excelente semana. Beijo

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/
Imagem de perfil

De Quarentona a 17.10.2016 às 22:41

Ui! Vida complicada, não?...
Eu não deixei de estudar assim há tanto tempo e às vezes vejo-me grega para acompanhar algumas matérias.
Com calma, tudo se consegue :))))
Eu também gosto tanto de ti :)))
Beijinhos, Cidália :))))
Sem imagem de perfil

De Goti a 17.10.2016 às 14:44

...ehehehehheh! Então já somos duas.
Beijocas larocas
Imagem de perfil

De Quarentona a 17.10.2016 às 22:42

Tenho umas mãozinhas que só servem para por anéis :P
Beijoca boa :))))
Sem imagem de perfil

De Maria Varredora Pau de Vassoura a 17.10.2016 às 22:10

eu adorava essas aulas, sempre tive jeitinho para manualidades. :)))
Imagem de perfil

De Quarentona a 17.10.2016 às 22:43

Manualidades e desenho, sempre fui uma nulidade, não vale a pena.
Imagem de perfil

De opinandomais a 17.10.2016 às 22:47

Pois é Catarina, 22 horinhas de oficinas mais 8 de desenho,durante uma semana, passaram por mim durante dois aninhos de curso, antes disso , e no ciclo, leváva-mos com 6 horas de trabalhos manuais e mais 4 de desenho, sem pestanejar, ao longo de uma semana,felizmente ainda tenho os dedos todos
Os tempos são outros, os conhecimentos a adquirir, mais exigentes e em vez de calos nas mãos, criam calo na cabeça
Imagem de perfil

De Quarentona a 17.10.2016 às 23:03

Não sei quantas horas foram, lembro-me que foram bastantes, pelo menos para mim que detestava aquelas aulas. Mas não detestei tudo, gostei de olaria, trabalhar o barro é muito interessante :))))
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 19.10.2016 às 07:26

Tenho boas memórias dessas aulas.
O facto de podermos contactar com diferentes áreas que iam desde os tecidos ao trabalho no metal era bem pensado. Nunca se sabe se algum de nós desenvolvia gosto pela coisa e se tornava numa Joana Vasconcelos. Mas em bom.

;)

P.S- guardo na memória a primeira vez que fui expulsa de uma aula. Adivinhas em qual ? Exato !
Imagem de perfil

De Quarentona a 19.10.2016 às 07:45

Sim, sim, até se podiam descobrir competências na àrea, mas depois não eram desenvolvidas...
(Em qual? Têxteis?)
Imagem de perfil

De Pequeno caso sério a 19.10.2016 às 17:55

Mecanotecnia (andava a correr na sala atrás de uma colega com um martelo na mão
Imagem de perfil

De Quarentona a 19.10.2016 às 22:29

Ahahahahahah :D
Por acaso, escapei à Mecanotecnia, graças a Deus :P
Imagem de perfil

De Mom Sandra a 10.11.2016 às 23:08

Trabalhos Oficinais!!!! Adorava essa disciplina.
Fiz um jogo com os circuitos electricos que estava sempre a jogar e uma mala que ficou horrorosa... como quase todos os trabalhos. Mas eu não desistia e dedicava-me a 100%.

Em segundos recuei 30(!!!) anos.

Beijinhos

P.S. - O blog está liiiiiiiiiiiiiindooooooo!!!!!!!!!!!!! Parabéns!

Comentar






Despensa

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D